BEM-VINDOS AO BLOG!

"Os ignorantes só terão razão se os inteligentes ficarem calados". | Paulo Monteiro Jr.

sexta-feira, 22 de fevereiro de 2019

Reforma da Previdência, LOAS e Demagogias



E a Reforma da Previdência está prestes a sair do papel através de Proposta de Emenda à Constituição (PEC), e com ela, várias polêmicas. Dentre as mudanças, a idade mínima para se aposentar com o valor integral será de 62 anos para as mulheres e 65 para os homens, aumentando 2 anos para as mulheres. Além disso, Governo propõe idade mínima de 70 anos para benefício integral para os idosos sem meios de se sustentar, pelo chamado BPC da LOAS, o Benefício de Prestação Continuada da Lei Orgânica da Assistência Social.

Atualmente, o benefício, no valor de um salário mínimo, é pago mensalmente à pessoa com deficiência e ao idoso com 65 anos ou mais que comprove não possuir meios de se sustentar, e nem de ter auxílio da família.  Aquele que tiver de 60 anos a menos de 70, terá direito ao pagamento de R$ 400, desde que comprovada a condição de miserabilidade. Continuará proibida a acumulação com outros benefícios assistenciais e com aposentadoria ou pensão por morte.

Ou seja, quem tinha entre 60 e 65 anos, não recebiam nada pela LOAS. Agora receberão. Sempre desconfie de um político que brada reclamando desta Reforma. Ele será atingido. Todo mundo vai. Os políticos deixarão de ter regime especial, todos entrarão no Regime Geral da Previdência Social – o RGPS, e com o fator previdenciário vigente.

Ah, mas se as empresas pagarem o que devem? Mesmo assim não cobre o rombo, porque a maioria dessa dívida (R$ 500 bilhões) são de empresas que já faliram. O restante que poderia recuperar não chega a R$ 200 bi. Sem falar que Matemática, mãe de todas as ciências, nunca erra. Se menos gente está nascendo e as pessoas estão vivendo mais, o Sistema Piramidal da Previdência Social irá se romper. É o que acontece nas “Pirâmides Financeiras”, que é crime tipificado pela Lei nº 1.521/51.

O sistema de Pirâmide desmorona quando novas pessoas param de aderir ou as que estão não podem mais pagar. É a mesma coisa no Esquema do INSS. Enquanto estão questionando se as pessoas devem trabalhar até 70 anos, deve-se antes ser colocado se essas mesmas pessoas conseguirão receber algo quando se aposentarem. Que reflitamos e que não sejamos massa de manobra de político sem caráter. 

segunda-feira, 7 de janeiro de 2019

Como acabar com a pobreza?

As pessoas tornam-se pobres pela carência de poder aquisitivo e falta de acesso aos serviços. Um Governo que tributa em média metade do valor dos itens de consumo, e não oferece ao povo com eficácia os serviços pagos compulsoriamente pelos impostos, acaba gerando os pobres.

Por isso, faz sentido acreditar que o Estado, que é o causador da pobreza, seria o mesmo que iria acabar com ela? Lembram dos vilões do filme “Missão Impossível”, que queriam infectar o mundo com um vírus para poder depois vender o antivírus? É mais ou menos desse jeito que o Estado atua. 

Por que o Estado é prejudicial? Porque é baseado em coagir o cidadão com normas e restrições. A liberdade é ferida continuamente. Limite é necessário, obrigar é abusivo. Tudo o que é obrigatório é nocivo. Já perceberam que tudo que é voluntário traz resultados grandiosos?

Um Livre Mercado junto com Estado enxuto não é a melhor saída, é a única. Que um dia a liberdade cante por aqui.

FOTO: El País

sábado, 29 de dezembro de 2018

As opiniões e os críticos


Já perceberam que os críticos de determinado assunto, por regra, são pessoas que nunca se destacaram tanto e que se ocupam em criticar aqueles que estão tentando o sucesso naquela coisa?

Comece a notar quando alguém te critica em algo, este alguém não consegue fazer o que você faz ou quando faz, faz muito mal feito. É cheque! Cantores de sucesso, via de regra, não viram críticos musicais, e sim mentores ou produtores. Atletas consagrados, geralmente viram treinadores ou diretores, não meros comentaristas. Já dizia Raul Seixas que pra fazer sucesso, todo mundo tem que reclamar...

As pessoas bem-sucedidas no que fazem, ensinam e motivam. As pessoas medíocres, por sua vez, criticam. Bom fim de ano a todos.
 #CARRYON 💎

sexta-feira, 26 de outubro de 2018

#PJENTREVISTA com Dr. Evânio Pereira

Nesta semana, a fim de colher informações para um trabalho da Disciplina de Psicologia Jurídica, tive a honra de entrevistar o senhor Evânio Pereira de Matos Filho, Promotor de Justiça do Ministério Público do Estado do Ceará em Camocim. Foi questionado dentre os assuntos, sua visão sobre a Redução da Maioridade Penal, que hoje no Brasil é de 18 anos. Dr. Evânio não só respondeu a este assunto, como fez comparações com outros países e trouxe perspectivas para a situação prisional no Brasil.

Queria agradecer ao Dr. Evânio por me receber, e ao Sr. Marco Antônio, jurista e servidor do MP-CE, que intermediou o momento. Segue abaixo o áudio com a entrevista, que foi realizada na sede da Promotoria em Camocim - CE.



Quadro do blog: #PJENTREVISTA

Periodicamente, postarei aqui nos blog entrevistas que serão feitas via gravação ou na forma de revista com personalidades do mundo jurídico, político, acadêmico e empresarial. O quadro se chamará #PJENTREVISTA. Sempre com o intuito de trazer mais informações sobre os diversos assuntos ao leitor. Portanto, sigam nos acompanhando porque muito conteúdo deve rolar por aqui.


Saudações,

Paulo Monteiro Jr.

O povo contra o povo


O cenário atual é desolador. Vivemos uma dicotomia onde a luta de classes pregada por Marx (que não deveria existir), está cada vez mais acentuada e enraizada nos brasileiros. Brigam entre si, onde o verdadeiro inimigo apenas mexe as cordas da marionete. Quem é este inimigo? O Governo.

A Polícia, para manter a ordem, acaba agredindo algumas pessoas, mas o policial não percebe que também faz parte do povo, que também é esmagado pelo Poder Público. A luta sem rumo segue seu caminhar.

Eles, manifestantes, queimam ônibus. Político não pega "busão" para trabalhar. Eles bloqueiam ruas e rodovias. Políticos andam de helicóptero e jatinho. Eles apedrejam agências bancárias. Político raramente pisa em banco. Eles defendem o desarmamento. Político anda com segurança armado. Político precisa de voto para seguir sendo político. A galera segue votando nos mesmos caras.

Os movimentos populares resumem-se na guerra do povo contra o povo. Estamos encerrando a segunda década do século XXI, a era da rebeldia sem causa, o apogeu da geração mais estúpida da história da humanidade. Onde todo mundo é contra alguma coisa ou alguém, mas ninguém é a favor de nada. Até quando seguiremos lutando uns contra os outros?

IMAGEM: O Correio de Deus

SEJA UM FRANQUEADO: